Maldade Divina

27 de set de 2008

Princesa Nua



Princesa Nua
Princesa nua de formoso corpo.
Meu Deus!
Vi teu corpo nu...
Minh´alma voou, foi pro inferno? Ou pro céu?
Meu corpo paralisou, fiquei preso, rígido!
Porque teus lábios beijaram-me!
Mordia-me como uma leoa nua sacia seu desejo.
Não me deixe morrer Princesa!
Eu quero viver!
Quero minh´alma de volta ladra nua.
Eu não vivi!
Abriga-me brandamente pelos teus dédalos.
Princesa nua, mulher volúpia.
Não me mate agora, quero provar do teu fogoso amor.

Irismar Andrade Santiago
Direitos Reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário