Maldade Divina

27 de dez de 2010

Sombra de mim



Sombra de mim.

Fugir de Você!
Pra que?
Se sinto medo.
Se preciso de você para me apoiar!
E com quem partilhar minha fantasia?
Se tua efervescência está sempre presente em mim.
Se você é sombra de mim.
Fugir pra que?
Se te sinto por completa.
Pois, ouço tua voz através do vento...
E, vejo-me em teu olhar.
Você é um infindo mistério que me confunde.
Você é como um facho de luz vindo de outra dimensão...
Com astúcia, espera a noite chegar para revelar-me maliciosamente.
Pois, no silêncio da noite, é você que minha`alma sonha...
E, revelam teus profundos segredos...
Transformam meus sonhos...
Escondem meus pecados.
Fugir de você!
Pra que?
Se você é sombra de mim.

Irismar Andrade Santiago
Direitos Reservados

27 de set de 2010

Meu olhar de mim



Meu olhar de mim

Em melancólico silêncio.
Vejo tua imagem nitidamente refletida pelas luzes artificiais vindas do espaço.
Talvez seja o reflexo da minha dor em confrontantes delírios,
pela saudade do amor que aos poucos me domina.
Fazendo meu mundo girar para afugentar meus temores...
Nas minhas horas de tormentas,
meus pensamentos entregues à tua sedução.
Cavalgam rasgando a escura noite fria sem bússola para me orientar...
Como se o universo fosse só meu.
Pelo reflexo dos teus olhos,
vejo meu olhar de mim querendo ser aprisionado aos teus braços.
Porque só tu me confortas.
Só tu derrubas a bastilha que prende meu coração e aquieta essa agonia constante dentro de mim.


Irismar Andrade Santiago
Direitos Reservados

15 de jan de 2010

Amanhecer




Amanhecer...

Não encontro as palavras adequadas para expressar minha alegria, pelo o amanhecer...
Nem a minha felicidade, ao contemplar a aurora.
Meus olhos se deslumbram com o maravilhoso fenômeno da natureza.
Deslumbram-se, ao ver o sol ante a mais simples magia, surgir no horizonte tímido e delicadamente.
Como astro-rei.
E, majestoso que é.
Raramente se deixa vislumbrar a olho nu.
Quando seus raios multicolores derramam sobre a Terra.
Eu, como uma criança que acaba de ganhar um lindo presente,
Grito!
Eu grito com toda força do meu novo coração.
Amanheceu!
Estou vivo!
Irismar Andrade Santiago
Direitos Reservados