Maldade Divina

27 de dez de 2010

Sombra de mim



Sombra de mim.

Fugir de Você!
Pra que?
Se sinto medo.
Se preciso de você para me apoiar!
E com quem partilhar minha fantasia?
Se tua efervescência está sempre presente em mim.
Se você é sombra de mim.
Fugir pra que?
Se te sinto por completa.
Pois, ouço tua voz através do vento...
E, vejo-me em teu olhar.
Você é um infindo mistério que me confunde.
Você é como um facho de luz vindo de outra dimensão...
Com astúcia, espera a noite chegar para revelar-me maliciosamente.
Pois, no silêncio da noite, é você que minha`alma sonha...
E, revelam teus profundos segredos...
Transformam meus sonhos...
Escondem meus pecados.
Fugir de você!
Pra que?
Se você é sombra de mim.

Irismar Andrade Santiago
Direitos Reservados