Maldade Divina

15 de dez de 2008

Amor Irreal


Amor Irreal


Ah! Minh´alma!
Ferida, por um sintoma chamado amor.
Quando vi sua foto parecendo querer me falar...
Sem querer revelar toda sua graça.
E, nela você sorria um sorriso ingênuo.
Refletindo em minh´alma um amor tão puro, tão verdadeiro, tão frágil, mas capaz de me endoidecer.
Um amor que machuca como um corte profundo sem curativo, mas capaz de me fazer renascer.
Quando meus olhos olharam os seus olhos...
Senti meu coração estremecer por tão rara beleza.
Pois, senti que, ali eu encontrei o amor.
Quem é você?
Ilusão, felicidade?
Que me enfeitiça com seu sorriso.
Quem é você?
Que, como o sol, ao brilhar me encandeia!
Quem é você?
Que, misteriosamente me cega num piscar de olhos?
Quem é você?
Que tanto busquei nos meus sonhos?
Quem é você?
Esse amor tão presente nos sonhos meu?
Um amor tão forte como uma paixão.
Uma paixão absurda!
Um amor irreal!
Ou, apenas um sonho?
Um sonho irreal.
Pois vejo fantasmas, sorrirem da minha dor.
Quem é você?

Irismar Andrade Santiago
Direitos Reservados

8 comentários:

  1. Oi querido!
    Lindo, fascinante esse poema...
    Amei..
    Beijos e fica na paz..

    ResponderExcluir
  2. Querido Irismar.
    Sempre surpreendendo com seus belos textos.
    Que satisfação, que prazer, é muita felicidade ler você amigo.
    Recebi este poema em PPS já algum tempo, vi e revi inúmeras vezes.
    Também já vi maravilhosamente em dueto.
    Quem é sua amada? Que inveja.
    Rsrsrsrsrsrs brincadeira, somos amigos, e isso basta.

    Elisabeth Silva

    Vitória / ES

    ResponderExcluir
  3. E você quem é?
    Um poeta capaz de transformar simples palavras em um poema de tamanha sensibilidade? Com certeza sei quem és? rsrrsrs Meu poeta Irismar!
    Parabéns pelas belas palavras...

    ResponderExcluir
  4. Meu eterno carinho,
    eterna gratidão ao amado Poeta
    que fala com o coração!
    Carinho de RO!

    ResponderExcluir
  5. Meu querido poeta
    Eu sempre me perguntei: porque pessoas nascem poetas?
    Hoje eu sei.
    Poetas são pessoas especiais.
    São criaturas iluminadas.
    Dotadas de sensibilidade vinda de dentro d`alma.
    São criaturas de corações grandiosos.
    Poetas são pessoas especiais capazes de transformar palavras em fantasias,
    E, fantasias em realidades.
    Como seria o mundo sem poetas?
    Como seria o mundo sem você?

    Te amo! Poeta Irismar

    Susane De-Mattos

    Guimarães /Portugal

    ResponderExcluir
  6. Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Meu querido poeta Irismar.
    Acho que conheço todos, senão, quase todos seus trabalhos.
    Como te admiro, tenho um carinho especial por você.
    Quando você escreveu (Por amor a você)
    Eu chorei, chorei copiosamente, pois foi à declaração de amor mais linda que alguém pode declarar para seu amor.
    Como sou extremamente romântica chorei muito, fiz de conta que você escreveu pra mim, apesar de nunca termos trocado uma única palavra. Acho até que nem sabe da minha existência.
    Mas a minha felicidade é saber que você existe.

    Um Natal feliz. E um Ano Novo Cheinho realizações.

    Wanusa Alves

    Araraquara-SP

    ResponderExcluir
  7. Oi meu querido Poeta.
    O que está havendo?
    Porque não envie mais seus trabalhos pra mim?
    Eles acalentam minha alma.
    Esqueceu-me ou deletou-me Rsrsrsrsrsr
    Por acaso cheguei até esse belíssimo blog.
    Vi num e-mail de uma amiga esse endereço.
    Simples, mas bem feito, como todo que vem de você.
    Que delicia ver cada poema seu.
    Sinto saudades de seus trabalhos em PPS.
    Eu não conhecia (Lamento) Chorei.
    Parabéns! Você sabe como emocionar uma leitora.

    Rosana Mendonça

    João Pessoa / PB

    ResponderExcluir
  8. Querido poeta,
    desculpe mas discordarei de você. Se algum sonho existe, ou, simplesmente existiu ou virá a existir ultrapassa o nível do ireal e passa a ser Real.
    Seu amor, então...mesmo que em sonho, é um AMOR REAL.
    Bom final de semana, muita paz em seu ccoração.
    Abração e saudades.
    Cida Valadares

    ResponderExcluir